Roteiro de 4 dias em Foz do Iguaçu

roteiro de 4 dias em foz do iguaçu

Última atualização em

Foz do Iguaçu é o seguinte: você pode ficar 10 dias lá que ainda vai ter coisa pra fazer naquela cidade tão incrível, porém, contudo, todavia, a gente sabe que um normal de viagem pra lá são 4 dias. Por conta disso, montamos um roteiro de 4 dias Foz do Iguaçu básico e indispensável pra você curtir muito!

Estou imaginando aqui que você chegou em um voo mais a noite e vai mesmo passear no dia seguinte, tá? Pra fechar 4 dias completos mesmo. Partiu Foz?

Dia 1

Ok, Foz tem muita coisa e eu vou otimizar bem os dias. Isso significa que vai ter bastante coisa pra fazer sim. Neste primeiro dia do roteiro de 4 dias em Foz do Iguaçu, você pode seguir pro lado das Cataratas e fazer tudo pra esse lado. Todos os pontos citados acima ficam basicamente na mesma rua, então é muito fácil.

Você pode começar com uma parada no Dreamland. Lá tem 3 atrações, mas honestamente? Eu achei que o Parque dos Dinossauros e o Museu de Cera que valeram a pena mesmo. Lá abre às 8h, e como tem bastante coisa pra você fazer nesse dia, sugiro chegar cedo. Eu acredito que a visita aqui, dependendo do seu ritmo, não passa de 1h30.

Seguindo o passeio, bora pro Parque das Aves, já um pouco mais a frente. O lugar é espetacular! Lá você vai ficar tranquilamente de 2h a 3h, porque é imenso e lindo. Isso significa que você deve sair por volta das 13h.

Na parte da tarde, Cataratas lado brasileiro! Não, não dá pra fazer os 2 lados em um único dia – e se você tem dúvida do melhor lado, já fiz um post falando exatamente sobre isso. Na verdade o lado argentino toma o dia inteiro, pois tem bastante trilhas. Melhor separarmos. A entrada das Cataratas é em frente ao Parque das Aves. Coma por lá, e já aproveite para otimizar o tempo. Tem bastante coisa e passeio para fazer no nosso lado, mas eu vou sugerir apenas 2: o macuco e a trilha básica até as cachoeiras mesmo.

Eu diria para fazer primeiro o macuco, pago a parte da entrada do parque, e que você pode comprar com desconto antecipadamente no Ticket Loko (sério, vale muito a pena!). O passeio é até rápido, e saindo de lá – todo molhado – siga para a pequena trilha até as Cataratas, assim já vai secando, hehe.

O que fazer em Foz do Iguaçu
Foto: Pixabay

Pra fechar o dia, pôr-do-sol no novo Marco das Três Fronteiras. Esse é um ponto que só abre no fim da tarde mesmo, justamente pela atração principal ser mais tarde. Lá tem restaurante, tem lojinha, tem show a noite, tem banheiro, estacionamento… Um lugar muito lindo para arrematar o 1º dia em Foz. Aliás, o Marco é o único que não está na mesma rua (rodovia das Cataratas) que todo o resto, mas acho que é o melhor dia para colocá-lo no roteiro.

Dia 2

Acho que depois de um dia cheio como o anterior dá pra dormir até mais tarde no 2º dia, né? Depois de descasar um pouco, comece o dia na Mesquita. É um passeio bem diferente, quem sabe você pode até tirar, mas é bem bonito lá e não é tão visitado como os outros pontos.

Seguindo a linha ~ religiosa, bora pro Templo Budista. Esse eu acho bemmm interessante você ir. O lugar é super bacana, e eu tenho certeza que você vai amar tirar fotos lá! Além de ser um lugar super tranquilo e silencioso.

Aí já estamos pertinho de Itaipu. Aí é o seguinte, você pode passar o dia inteirinho lá, porque tem muitas atividades pra fazer, todas pagas separadamente. O mais comum é o tour panorâmico, que é o tour mais curto. Se quiser e puder, sugiro o circuito especial, porque ele te leva por dentro da Usina e é bem mais interessante.

Lá ainda tem o passeio de carro elétrico, o polo astronômico, o refúgio biológico (trilha), ecomuseu, a iluminação da barragem e o passeio de Kattamaram no final da tarde. Coloquei o Kattamaram já aproveitando que estamos em Itaipu neste dia.

Ok, deu de passeios em Itaipu, partiu centro de novo! Uma noite típica por lá é jantar na churrascaria Rafain e assistir ao show folclórico. É a casa mais famosa de lá, com um churrasco delicioso.

Dia 3

Vamos passear em 3 países em um dia só? Vamooos! De manhã pegue o passeio para o Paraguay. Não compensa ir sozinho de carro ou sei lá como. Pegue uma van com agência que é muito mais seguro, fácil e sem estresse para atravessar. As agências normalmente tem alguns horários de saída e de retorno fixos, é só combinar com eles. Geralmente o pessoal vai pela manhã e volta no meio da tarde.

Além das compras, sugiro a visita ao Museu 3D que é bem bacana, mas só abre a tarde. Então você pode comprar de manhã, visitar o museu, que vai te tomar no mínimo 1h de visita (sendo bem otimista), e voltar no meio da tarde pro hotel.

Agora, Paraguay é puxado, é camelar e andar muito, então com certeza você vai querer dar uma descansadinha no hotel. A noite, pegue o tour para Puerto Iguazu. se não me engano, ele sai por volta das 17h, pois tem uma imigração pra fazer pra Argentina que toma tempo do grupo.

Fiz um artigo também com quanto custa viajar para Foz do Iguaçu – então se você quer ter uma base de valores, não deixa de ler ele também!

O passeio em Puerto passa por vários pontos e toma a noite inteira. Você chegará bem tarde no hotel.

Dia 4

Último dia, vamos deixar pro passeio do lado argentino das Cataratas. Lá você pode passar o dia, porque tem muitas trilhas, e o caminho até a garganta do diabo também é mais longo do que o do nosso lado aqui.

A noite, minha sugestão é fechar a viagem com a noite italiana no Bella Itália, uma noite regada a massas, muuuito queijo, vinhos e música típica italiana. É uma noite pra se acabar mesmo e arrematar a viagem pra Foz.

Espero que vocês tenham gostado e que esse artigo com roteiro de 4 dias em Foz do Iguaçu ajude você a preparar e organizar sua viagem! Compartilha comigo nos comentários o que você achou! Boooa viagem e até a próxima dica! <3

0

Você também pode gostar de

Deixar um comentário

Dúvidas? Chama no whatsapp whatsapp