InDevaneios

Quem é você Alasca? – Resenha do Livro

Última atualização em

quem é você, alasca - john green
Confesso que ao pesquisar um pouco sobre o autor e o livro para começar essa resenha me decepcionei um pouco ao ver que esse no caso já é um pouco antigo, rs. Mas é o último que li e ainda estou encantada, então falarei sobre ele. “Quem é você Alasca?” é o primeiro romance do John Green (famoso autor de ‘A Culpa é das Estrelas’ e também responsável por muitas lágrimas nossas rs) e foi lançado em 2005. A editora é a Intrínseca que eu, particularmente, AMO – muitos dos livros que gosto são lançados e/ou se tornam deles.
No início achei o livro bem adolescente e cogitei que talvez não fosse muito interessante pois achava o Miles (personagem principal) chatinho maaas fiquei bem curiosa por ser separado por datas (110 dias antes, 104 dias antes.. e aí, o que marca o dia zero?) e isso acabou despertando minha vontade de continuar lendo para descobrir. O livro retrata a história de um cara, que cansado do tédio da vida com os pais, resolve que está na hora de fazer uma mudança e procurar algo que faça aquilo tudo valer a pena, o que ele apelida de ‘busca pelo grande talvez’. Nessa busca ele conhece algumas pessoas que marcam ele de uma forma que jamais imaginou que marcariam. E pra mim, o livro inteiro foi uma surpresa atrás da outra (mais um ponto pro autor, porque isso é incrível!).
Retrata muito bem o poder que a vida de cada um tem sobre a vida dos outros e também suas atitudes e ações. Recomendo MUITO a leitura! Em uma nota de 1 a 5, dou 5 pelo fim totalmente inesperado, criativo e muito inteligente, com uma mensagem muito bacana.
“Se as pessoas fossem chuva, eu seria garoa e ela, um furação.” (Quem é Você, Alasca?)
Você já leu esse ou algum outro do John Green? Conta pra mim sua opinião?

Leia também as resenhas do filme “A Menina que roubava livros” e livro “Armadilhas da Mente”

1

Você também pode gostar de

1 Comentário

  • Armadilhas da Mente - Resenha do Livro - Contos e Encontros

    […] O livro Armadilhas da Mente do Augusto Cury fala sobre a história de uma mulher que é frequentemente assombrada por fantasmas na sua própria mente e acaba se afastando das pessoas e da vida. Seu marido, milionário, contrata os melhores e maiores psicólogos para trata-la. Mas dinheiro nunca foi a solução, e mesmo com todo conforto e todos os especialistas, ela não apresenta nenhum sinal de melhora. É quando seu marido tem a ideia de se mudar para a fazenda, pensando que talvez estar fora da cidade traga beneficios pra ela. De cara, Camile se surpreende com a felicidade de um fazendeiro da fazenda. Qual motivo de tanta felicidade e porque ela não conseguia ser assim? É entao que na busca por respostas ela acaba conhecendo alguém que havia perdido a muito tempo: a si mesma. “Não há mentes impenetráveis, apenas chaves erradas.” Você já leu? o que achou? Nota: 5/5 Leia também as resenhas do filme “A Menina que roubava livros” e livro “Quem é você, Alasca?” […]

    Outubro 28, 2018 at 8:14 pm Reply
  • Deixar um comentário