InDevaneios

Pai rico, Pai pobre – Resenha do Livro

Última atualização em

O livro “pai rico, pai pobre” foi facilmente incluído na minha lista de melhores livros que li e um dos que mais aprendi lendo, também. É um livro com uma história e que ensina muito sobre finanças, governo, taxas, impostos e o quanto a gente acaba não fazendo nada a respeito para ter um final de vida tranquilo financeiramente.
pai rico pai pobre
se você quer comprar o livro, compre aqui na Amazon
No livro, o autor se refere aos seus dois ‘pais’ como: pai rico e pai pobre. Na verdade, nenhum dos dois são pobres, porém um lida com o dinheiro de forma diferente do outro, e é isso que faz um ser classificado como rico. Um, trabalha muito pra ter dinheiro e uma vida confortável. O outro, faz o dinheiro trabalhar pra ele e tem uma vida confortável por isso. E não importa aonde você esteja na vida, te leva a pensar mais sobre investimentos, futuro e sobre o que fazer para garantir uma vida mais tranquila.
Que de aposentadoria ninguém vive tão bem, isso todos sabemos. Mas o que você está fazendo pra mudar isso? são esses questionamentos que o livro coloca nas cabeças pensantes. Uma parte bem legal do livro é quando ele cita categorias de ativos reais que fazem o dinheiro trabalhar pra você:
  • Negócios que não exigem minha presença. Sou o dono deles, mas eles são administrados por outras pessoas. Se eu tiver de trabalhar neles, não é um negócio. Torna-se uma profissão.
  • Ações;
  • Títulos;
  • Fundos mútuos;
  • Imóveis que geram renda;
  • Promissórias;
  • Royalties de propriedade intelectual como música, escritos, patentes;
  • Tudo que tenha valor, gere renda ou se valorize e tenha um mercado líquido.

E como começar?

Eu tenho uma conta na corretora Rico e recomendo pra quem quer começar criar uma conta em um banco desses e acompanhar os títulos de renda fixo (principalmente títulos do tesouro direto). Hoje em dia, as mais conhecidas são: Rico, Spinelli, Easynvest, Socopa, Ágora e XP Investimentos – pesquise e decida a melhor pra você.
A Rico antigamente tinha taxa de administração 0% porém agora cobra 0,1% de taxa de administração – mesmo assim, resolvi continuar minhas conta com eles.
  • Leia e se informe MUITO – acompanhe nas redes sociais: Gustavo Cerbasi, Roberto Navarro. Compre livros sobre o assunto, leia matérias na internet sobre os investimentos. Faça com segurança e com os pés no chão.
  • Peça ajuda a amigos que já estão acostumados em investir – eu acho que fiz um amigo meu perder 2 dias inteiros da vida dele me ajudando, tirando minhas dúvidas e inseguranças.
  • Antes de começar a investir, planeje zerar suas dívidas. Muitos coachings informam que mesmo com dívida é importante começar o investimento, mas eu, tentaria quitar primeiro caso tivesse algo pendente, pra depois ter mais tranquilidade em investir meu dinheiro.
  • Eu evitaria muuuito entrar no mercado de renda variável se não tivesse 100% certeza do que estou fazendo, rs. Hoje em dia penso muito e planejo investir em renda fixa, mas variável nem penso ainda a respeito.

Tenho um post aqui no blog sobre planejamento financeiro, com minhas experiências e também uma planilha que pode te ajudar a se organizar melhor.

😍Se você costuma investir, queremos te ouvir! Conta sua experiência aqui pra gente! 
0

Você também pode gostar de

Deixar um comentário