InDevaneios

A Menina que Roubava Livros – Resenha do Filme

a menina que roubava livros - o filme

Última atualização em

Vou falar um pouco sobre o filme A Menina que roubava livros (The Book Thief), inspirado no livro do Markus Zusak. Esse livro foi um presente da minha irmã no meu aniversário de 15 anos (há 6 anos atrás) e lembro que levava o livro pra tudo quanto era lugar.. eu amei, lia todo dia, todo momento.. e foi naquele instante que eu descobri que estava me apaixonando por ler (quem leu a Saga Crepúsculo – lembram do ‘imprinting’? foi isso!).

Depois dele, eu nunca mais parei. Alguns anos li mais, outros menos; mas nunca, nunca deixei de ler. Não vou comparar ainda o livro com o filme, e não posso dizer se me decepcionei ou não, porque como já fazem alguns anos, eu realmente não me lembro bem do livro (mas prometo ler novamente e atualizar sobre a comparação). O filme “A Menina que Roubava Livros” é emocionante do início ao fim – fala muito sobre separação, morte (assunto principal, né?), momentos históricos, amor, coragem e aventura. É verdade que o filme é bem triste por mostrar todos aqueles momentos vividos na época do Hitler – como as pessoas eram obrigadas a gostar/se ajoelhar diante dele, pois sofreriam as piores consequências caso não o fizessem.
Eu prometi que não ia chorar, e no final estava com os olhos vermelhinhos de tanto que já havia soluçado, rs.. Você imagina como foi aquele tempo, as pessoas que morreram apenas por terem ‘nascido no país errado’, por não terem direito de ir contra um lider. E o que mais chama atenção após isso, é que aquela frase ‘você nunca sabe o quanto é forte, até que essa seja sua única alternativa’ encaixa perfeitamente em cada momento dessa história.
Liesel se mostra uma guerreira, desde criança, diante as dificuldades e separações que a morte nos proporciona. E, pra mim, é super difícil ver/ler qualquer coisa que fale sobre esse assunto, porque eu não sou MESMO uma pessoa que lida bem com a morte, seja de quem for.
Até vendo certas matérias no jornal, de pessoas desconhecidas, eu me emociono, me sinto mal. Pra quem ficou com vontade de ver o filme, assista o trailer aqui e confirme sua vontade, rs. E pra quem ficou curioso sobre o lugar onde foi palco real de onde todo esse tempo triste aconteceu, a Gaby (minha amiga viajante) foi lá e você pode ler sobre clicando aqui.
“Quando a morte conta uma história, você precisa parar para escutar.”
Quero saber sua opinião do filme ou do livro sobre a menina que roubava livros – Me conta?
3

Você também pode gostar de

3 Comentários

  • "Armadilhas da Mente" - Resenha do Livro - Contos e Encontros

    […] chaves erradas.” Você já leu? o que achou? Nota: 5/5 Leia também as resenhas do filme “A Menina que roubava livros” e livro “Quem é você, […]

    Outubro 28, 2018 at 2:41 pm Reply
  • "Quem é você Alasca?" - Resenha do Livro - Contos e Encontros

    […] também as resenhas do filme “A Menina que roubava livros” e livro “Armadilhas da […]

    Outubro 28, 2018 at 3:03 pm Reply
  • Gideilson

    Gostei muito do seu conteúdo, sobre esse filme maravilhoso.

    Novembro 18, 2019 at 12:57 pm Reply
  • Deixar um comentário